sexta-feira, 27 de maio de 2011

Engolem camelo e coam mosquito

---- Original Message -----
From: SEXO, BEBIDA, CIGARRO E IGREJA!
Sent: Sunday, October 05, 2008 10:59 PM
Subject: QUAL IGREJA?

Caro Pastor!

Sou evangélico há seis meses. Vivo num certo desconforto espiritual, pois tive que deixar coisas que eu gostava de fazer para não "magoar CRISTO" e não ir para o inferno.

Posso servir a CRISTO e beber, fumar, dançar, ouvir músicas seculares, ler livros seculares, praticar sexo sem casar?

Para ser salvo tenho que freqüentar uma igreja? Qual?

Por favor, me oriente!

Seu irmão em CRISTO!!!

___________________________
 
Resposta:


Meu irmão querido: Graça e Paz!


Se seu interesse é em Deus, em Jesus e na Vida Eterna, então, é vida que você quer.

Ora, se é vida que você deseja ter, então, é de vida que você tem que se ocupar.

Assim, não falamos de normas de homens, mas apenas do que Deus chama vida para o homem.

Desse modo, Paulo diz: “Todas as coisas me são licitas, mas nem todas edificam ou me convém. Todas as coisas me são licitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhum delas.

Paulo também disse que não se deve usar a liberdade que temos em Cristo a fim de se dê lugar a nada que seja contra aquilo que Deus, em Jesus, chama Vida.

Você pode o que você quiser, devendo apenas se perguntar: Que bem isso me faz?

Ou ainda:

Isso que eu gosto tanto pode fazer mal a alguém que não tem o mesmo entendimento que eu?

Ou também:

Esse sexo sem amor e sem significado que eu gostaria tanto de fazer por fazer, porque eu gosto, de fato realiza o quê de bom em mim e na pessoa da qual me sirvo?

Ora, aqui no meu site você pode ir ao serviço de Busca e escrever as palavras “sexo”, “bebida”, “cerveja”, “Skol”, “vinho”, “fuma”, etc. — e você encontrará respostas especificas para as suas questões tópicas.

Eu, todavia, aqui, agora, já, quero apenas dizer a você o seguinte:

Você não “magoa a Cristo” quando faz qualquer das coisas acima. Sim! Jesus não faz beicinho! Ele já nasceu Deus. Crescido. E mais: Ele não é tolinho e nem escandalizável. Ele aquenta tudo. Ele é amor. O amor é invencível.

Você faz mal a você mesmo, ao seu futuro, e, sobretudo, ao seu dia de hoje, no qual são forjadas e reforçadas as suas fibras de ser.

Entretanto, você só se fará mal se fizer mal a si mesmo no fazer e usar tais coisas.

Fumar você pode; e pode fumando ir para o céu. Mas e daí? A porcaria do cigarro faz mal aqui, já, no dia de hoje, e, com certeza, fará mais mal ainda amanhã. Portanto, o que há de bom em voltar para ele se você pode estar já livre dele para sempre?

Entretanto, você pode fumar e ir pro céu fumado.

O problema não é o céu, é a terra, é o pulmão, o coração, a circulação, a vitalidade física e sexual. Sem falar no tempo gasto, no dinheiro e também no condicionamento psicológico e físico que o cigarro produz.   

Beber? Ora, beba. Mas não se embriague. Beba, mas não dirija. Beba, mas esteja sempre sóbrio e lúcido. Beba, mas não seja bebido pela bebida...

Ora, o maior sinal de que a bebida bebe a pessoa é quando a pessoa passa a ter que beber todos os dias, ainda que não se embriague.

Quando o individuo se jacta de não se embriagar embora beba todos os dias, é porque a bebida já o bebeu e ele não sentiu ainda.

Mas logo sentirá pelas mudanças súbitas de humor, ao ponto de que ficará cada vez mais bem-humorado quando beber, e, por isto, beberá mais.

Música secular? O que é isso? Deve ser coisa de crente!

Ora, ouça boas músicas. Apenas isto. E tome cuidado com uma tal de “música Gospel” que tem por aí, pois, em geral, faz muito mal aos crentes, embora eles não saibam disso de saída.

Sexo? Deus diz que sexo é bom. Foi Ele que fez.

Portanto, o que há de errado com o sexo, exceto com o que o homem fez dele?

Sexo é coisa tão boa que não deve ser feita de modo tão ruim e sem significado.

Sexo sem significado, promovido apenas pela avidez que tem sua fonte na insegurança dos seres aflitos por afirmação pela via genital, faz muito mal à alma.

Sim! Sexo deve ser o resultado de um encontro que gerou um significado profético no amor: ambos, homem e mulher, olham para frente e imaginam o quão melhor a vida seria se ambos fizessem de suas existências individuais uma vida só para os dois.

Ora, quando a consciência é essa, e ambos são responsáveis o suficiente para tomarem tal decisão, então, o sexo é apenas a continuidade simples e natural.

Assim, acaba a questão de transar antes ou depois de casar, pois, em tal caso, tendo a consciência que acima descrevi, somente quem é casado transa, posto que a transa é o rito mais essencial de todo verdadeiro casamento.

Quando se tem consciência do significado do sexo ele se torna o rito supremo do casamento dos que já estão casados pelo amor consciente e responsável.

O mais... — não é casamento.

No cartório a gente faz contrato. Na “Igreja” [templo] a gente mostra os que estão “se casando”. Mas tanto no cartório quanto na “igreja” ninguém faz casamento.

Aliás, ninguém tem o poder de casar a ninguém diante de Deus.

Diante de Deus somente entram o homem e a mulher; e isto não é no dia da cerimônia, mas no dia em que assumem que se amam.

Agora, saiba:

Só vale fazer qualquer coisa ou deixar de fazer, se for por amor e em fé.

Sem fé a gente se condena em tudo o que faz. E sem amor nada aproveita.

Portanto, você e eu temos que fazer tudo com fé e amor grato.

Transar, comer, beber, namorar, casar, trabalhar, ser amigo, ser pai, mãe, filho, irmão, ou qualquer outra relação, têm que ser feitos e realizados com fé e amor; pois, sem ambos, nada é puro e aproveitável.

Afinal, Jesus disse que aquele que é Seu discípulo faz tudo com amor. Esta é a obediência aos Seus mandamentos: amar sempre.

Assim, você tem apenas que perguntar se você ama a pessoa que você pensa em usar por uma noite apenas. É amor?

Ou então se é amor namorar alguém e usar outras pessoas sexualmente? Ou se é amor beber até cair ou falar um monte de bobagens? Ou se é amor fazer qualquer coisa que possa deixar a você mesmo mal e outros infelizes?

Portanto, leia os textos que sugeri a você no inicio da carta, e, mais que isto, busque entender a razão de seu chamado em Cristo [a leitura de meu site vai ajudar você nisso em muito], pois, você não foi chamado para não fazer, mas sim para ser.

Por isto, leia tudo o que você encontrar na Busca do site sobre “discípulo”, “discipulado”, etc.

Quanto a se dever freqüentar uma igreja, digo a você que não necessariamente.

Você deve ser parte da Igreja, e você já porque crê em Jesus.

Assim, você deve congregar-se em algum lugar no qual você seja de fato edificado na fé e no entendimento do Evangelho.

Mas... freqüentar de modo mágico, como se não indo a desgraça fosse chegar, não, mil vezes não!

Tudo em Jesus tem a ver com vida. Se a freqüência a algum grupo lhe traz graça e vida em Jesus, ajudando você a crescer em fé, amor e entendimento espiritual, então, freqüente aí. Caso contrário busque um lugar que seja assim.

Leia a Bíblia, o Novo Testamento!

Procure na Busca do site pelas palavras “Escritura”, “ler”, “Palavra”, etc.

Vá ao meu site — www.caiofabio.net — e visite o canal “Caminho”, e lá veja se há um grupo do “Caminho da Graça” perto de você.

Receba meu carinho!


Nele, que deseja levar você às coisas excelentes, e não às medíocres,



Caio
6 de outubro de 2008
Lago Norte
Brasília
DF

quarta-feira, 25 de maio de 2011

INVASÃO DOS ESPÍRITOS

 
A INVASÃO DOS ESPÍRITOS – os anjos estão se movimentando...

Leitura recomendada: o livro Batalha Espiritual – aqui no site para download.

O que eu aqui direi é apenas minha opinião, fruto do meu pensar, livre de qualquer preocupação com quem ou o que quer que seja...
Eu creio que o mundo espiritual é tudo, menos etéreo.
Sim, eu creio que o espírito é a categoria mais evoluída da criação, e que espíritos têm poder muito maior do que nós, os humanos, presos ao tempo/espaço, desejamos admitir.
Sem ter que dar satisfação a ninguém, nem tentando desconstruir a opinião de ninguém, eu apenas digo:
Creio que as criaturas que nós chamamos de “anjos” ou que a dimensão que nós chamamos de “mundo espiritual”, é muito mais interativa com os humanos do que nós desejamos admitir.
E mais:
É minha opinião que tais criaturas ou dimensão nos mantêm na ignorância de quem de fato eles sejam ou do que sejam capazes.
E ainda:
É minha opinião que a “igreja” diminuiu esses seres, fazendo-os ou demônios burros e exóticos, ou, então, anjinhos de proteção, com grande charme alado... —, fazendo com que as mentes fiquem condicionadas a não discernirem as manifestações dessas criaturas com outras caras, e até com aparatos.
Mais que isto:
Vejo na simplicidade da Bíblia que tais criaturas podem desejar misturar-se com os humanos, posto que sejam altamente seduzidos pela idéia de procriar com os humanos ou de alterar a natureza humana.
Vejo que eles podem se manifestar como meramente humanos, tomando lugar à mesa e comendo, como também podem ser tão humanamente belos que possam inspirar desejo sexual nos humanos que os contemplem, como em Sodoma e Gomorra.
Vejo que eles podem pregar e advertir o povo, chamando-os ao arrependimento, com aparência e voz humana, como aconteceu em Boquin, segundo o livro de Juízes.
Vejo que podem aparecer como bem desejarem: como guerreiros; como chamas de fogo; como relâmpagos; como tochas no céu; como sinais de luzes; como glória inexplicável aos sentidos dos antigos; como fenômenos naturais; como rodas vivas e cheias de olhos, com pernas de apoio para o disco/vivo; com mobilidade de deslocamento impensável; com adaptabilidade praticamente capaz de tudo; com inteligência superior a nossa em tudo.
E mais:
Eles podem ser espiritual/cibernéticos, como os seres e os aparatos a eles ataviados, conforme a narrativa do profeta Ezequiel; tanto quanto podem entrar no sonho de um homem, como foi com José, o pai de Jesus.
Vejo que tais seres existem em camadas e dimensões diferentes. Sim, eles não são clones de si mesmos e nem tampouco de uma categoria só. Seus poderes são diversos e suas dimensões e manifestações também são variadas.
Vejo que a viagem dessas criaturas pode ir do ambiente quântico ao sonho de um homem. Portanto, tais criaturas podem se imiscuir em toda a experiência humana, da ciência à magia mais grotesca.
Vejo que algumas castas de tais criaturas são profundamente territoriais, e se condicionam aos ambientes, regiões e países, conforme nos insinua a passagem do Gadareno na versão de Marcos: “... não nos mande para fora do país...”; ou ainda conforme o profeta Daniel, que nos fala do “Principado espiritual da Pérsia”.
Vejo que tais seres não têm o poder de nos governar de todo, mas que têm o poder de nos seduzir profundamente, em todas as áreas.
Vejo que existem manifestações de tais criaturas com cara de Óvnis, por exemplo, muito à semelhança da descrição de Ezequiel.
Vejo também que não se quer ver...
Vejo que os cientistas dizem que isso é coisa de esotérico, e que apenas se interessam pela possibilidade de que tais seres sejam como nós, criaturas do tempo/espaço, de outra civilização, muito como a nossa própria, apenas mais evoluída.
Vejo que os esotéricos pensam no fenômeno como uma visitação de uma civilização mais evoluída espiritualmente e que já está aqui para nos iluminar na nossa salvação como espécie.
Vejo que os cristãos dizem que quem se preocupa com isto ou é ateu, ou é místico, ou está se desviando para o esoterismo...
Vejo que quando o bicho pegar quase ninguém saberá o que é!...
Sei que se um desses pousasse na minha frente, se não fosse Servo de Jesus, o Senhor de todos os Universos, sairia na carreira...; pois, em Cristo, nenhuma criatura pode me separar do amor Dele.
Sei, no entanto, como mera opinião, que tais fenômenos aumentarão imensamente nos próximos anos...
Sim, creio que tudo isto é sinal de que nos avizinhamos da Grande Visitação.
Portanto, cada dia mais é minha estranha opinião de que se Deus desejar a Nova Jerusalém vem do Céu mesmo, e pousa na Terra mesmo, e se apresenta como uma Sociedade que apenas desce sobre a Terra mesmo.
Ou seja:
É minha opinião que no fim tudo será muito mais “mágico” [usando uma palavra muito ambígua, porém aqui no sentido de numinoso] do supõe nossa vão escatologia ou nossa vã teologia.
Esta é apenas a minha opinião. Ela não é essencial ao sentido do Evangelho. Porém, creia: é minha opinião.

Nele, em Quem tenho a liberdade de apenas cogitar, sem afirmar nada além de minha própria cogitação,

Caio
10 de maio de 2009
Lago Norte
Brasília
DF

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Genizah visita Caio Fábio dois dias depois do fim do mundo!


 Está marcada a data! 

Dia 23, segunda-feira, às 09:00h com reprise no sábado, 28. 

Ou seja, dois dias depois do fim do mundo!

O que vale dizer, que se o tranco não for no dia 21, do dia 23 não passa!

Você pode assistir também online, nestes mesmos horários aqui:


Estamos indo eu, Danilo, e Carlos Moreira, co-editor do Almanaque Genizah. 

Não faltarão bundões no programa, risos. Afinal, o assunto é conexo! 

Agora sério:

Este encontro promete!

E o convite muito nos honra, tanto que decidimos apresentar o relatório da pesquisa O Crente e o Sexo no programa do Caio e na Revista Cristianismo Hoje, quase simultaneamente, mesmo antes da sua publicação no Genizah. 

A pesquisa de opinião O Crente e o Sexo é um projeto do BEPEC - Bureau de Pesquisa e Estatística Cristã em parceria com o Genizah e a Revista Cristianismo Hoje. 

Alguns leitores devem se lembrar que publicamos aqui no Genizah (e em outros sites cristãos), o link de uma pré pesquisa. A esta, sucedeu o processo cientifico de amostragem, com o envio, por e-mail,  de instrumentos de coleta de dados a mais de 70 mil evangélicos, com o uso da ferramenta da AKNA SURVEY

Os primeiros cortes estão prontos há 20 dias. Alguns líderes, formadores de opinião e acadêmicos  receberam, em primeira mão,  os cadernos com o relatório - Casados Evangélicos - da P.O. O Crente e o Sexo e já estão nos enviando comentários para serem anexados ao release a ser enviado às editorias de comportamento dos principais veículos de imprensa do páis.  Em breve, todos poderão conhecer os resultados.

Portanto, não percam o programa. Além do encontro histórico da apologética com humor e a legenda Caio Fábio, temos a pesquisa, que eu garanto, é promessa de polêmica, mas também de edificação para o Reino


Leia Mais em: http://www.genizahvirtual.com/#ixzz1Mi1AekV8
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial Share Alike